• Ops! Cresci

Montando o quartinho de bebê como uma decoradora!


A descoberta da gravidez vem acompanhada de uma série de preparativos que ajudam a envolver os pais e prepará-los para a chegada do bebê.


Um dos mais importantes é a montagem do quartinho.


Pode parecer simples para quem chega e vê tudo pronto, mas a verdade é que montar o quarto do bebê requer uma série de passos e pontos de atenção.



É claro que o mundo ideal para qualquer mãe é contratar um arquiteto para desenvolver e acompanhar o projeto. No entanto, como sabemos que essa nem sempre é uma opção, conversamos com a arquiteta Cláudia Ferreira e reunimos algumas dicas importantes para ajudar nessa tarefa.


Planejamento

  • Não deixe o quartinho para a última hora. Aproveite enquanto você está disposta para ir às lojas e acompanhar as obras.

  • Comece em torno dos quatro meses para garantir que todos os móveis e itens personalizados chegarão antes do bebê.

  • Defina se serão realizadas mudanças estruturais, tais como: colocação de gesso e papel de parede, instalação de ar condicionado ou pintura. Estes itens devem ser executados primeiro.

  • Não há uma regra para a definição da cor do quarto, o importante é que haja harmonia com os demais itens escolhidos.


Projeto

  • Tire todas as medidas do quarto, atentando para posições de porta, janelas e móveis embutidos.

  • Reúna imagens de móveis e quartos que você gosta. As referências ajudam a entender qual será o estilo: clássico, moderno, lúdico etc.


Escolha dos móveis

  • Existem quatro móveis principais para o quarto do bebê: berço, cômoda/trocador, armário e poltrona. No entanto, antes de sair comprando é importante ter certeza de que o quarto comporta todos eles.

  • Tenha as medidas do quarto em mãos na hora de comprar para ter certeza de que vão caber no ambiente.

  • Atente para a qualidade dos móveis e verifique se são certificados pelo Inmetro.

  • Caso opte por berços antigos da família, certifique-se de que estão em boas condições e de que não estão soltando farpas ou tinta.

  • Se possível, opte por móveis com cantos arredondados que são mais seguros para quando o bebê começa a andar.

  • Se tiver espaço, escolha um armário amplo, que permita armazenar e organizar fraldas.


Disposição

  • A disposição ideal vai sempre depender do formato do quarto e da posição de janelas e móveis existentes. Um ponto importante é se certificar de que haverá espaço suficiente para a circulação.

  • O berço deve ficar longe da janela, mas em um lugar fácil de ser visualizado pelos pais ao abrirem a porta.

  • A cômoda deve ficar sempre longe da janela e encostada na parede, de preferência em um canto, para dar mais segurança na hora de trocar o bebê. Para facilitar a troca de fraldas, os itens necessários devem ficar sempre na primeira gaveta.

Gostou das nossas dicas? Então clique aqui e aproveite para saber qual a melhor forma de organizar os ítens no quartinho.



Fonte: Cláudia Ferreira - Arquiteta (@claudiafarquitetura / @claudiaf.ferreira)

Redação: Eliene Costa


12 visualizações

Se tiver

alguma dúvida,

entre em contato!

  • White Instagram Icon
  • Branco Facebook Ícone

® Ops! Cresci Atividades de Internet LTDA - CNPJ 26.362.664/0001-94 - Todos os direitos reservados.